Nesta quarta feira (21) em Buíque, foram presos acusados de matar um popular no posto de saúde próximo a feira , e mais uma mulher por trafico de drogas.


Na tarde de ,desta  quarta-feira   21/02/2018, na cidade de Buíque, policiais civis, deram cumprimento aos Mandados de Prisão Temporária em desfavor do investigado *José Carlos Nunes da Silva, vulgo Azulão,* e em desfavor do investigado *José Uildo Eloi da Silva, vulgo Wilton ou Uil.* As prisões cautelares são em decorrência do latrocínio ocorrido no dia 07/02/2018, no interior do novo Posto de Saúde próximo à feira livre do município.

A vítima Antônio Leôncio da Silva, Toim, foi morto com requintes de crueldade pelos  os investigados em seguida subtraíram seus pertences, após as formalidades os dois acusados foram encaminhados ao Presidio Brito Alves, onde ficarão a disposição da justiça.

Ainda  no início da noite de desta quarta-feira, ( 21) na cidade de Buíque, policiais civis, deram cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva em desfavor da investigada *Maria do Carmo dos Santos,* vulgo *Do Carmo.*

A prisão cautelar é em decorrência de investigação de combate ao tráfico de drogas na cidade, onde. após as formalidades legais a presa acusada foi  encaminhada ao sistema Colônia Feminina  onde também ficará   a disposição da justiça.

 Essas são ações  da Polícia Civil na cidade de Buíque seguindo as diretrizes do Pacto Pela Vida no combater à criminalidade e o trafico de drogas dentro do município.

Fonte Policia Civil 

Tecnologia do Blogger.