Convocado pela segunda vez para falar de sua pasta, Sebastião Oliveira não comparece a tribuna da Alepe e ganha nota de repudio do presidente da comissão de Agricultura , Claudiano Martins Filho


 Na ultima terça-feira , (13), a Assembleia Legislativa e seus membros foram grosseiramente desrespeitados pelo secretário de transportes, Sebastião Oliveira, e o secretário executivo, Antônio Júnior;

A comissão de agricultura aguardava o secretário de transportes para falar sobre as ações planejadas em sua secretaria para o ano de 2018, mas ele não compareceu. (segunda vez que ele não vai. A primeira foi em junho do ano de 2017, por solicitação da deputada Priscila Krause);

 Diante da ausência do secretário, restou deliberado que prosseguiríamos com a audiência e o secretário executivo faria sua apresentação, ao mesmo tempo em que se acatou pedido para convidar mais uma vez o secretário Sebastião Oliveira, para que aproveitasse seu último mês à frente da secretaria e prestasse contas das ações;

A insistência na ida do secretário se deu,  à evidência, em razão do seu completo distanciamento deste Poder Legislativo, por não atender chamadas telefônicas, não marcar audiências, também em razão das inúmeras demandas sobre estradas que chegam dos municípios aos parlamentares. Como gestor de uma pasta importante, essa conduta é inconcebível, demonstrando extremo desrespeito ao povo de Pernambuco e ao Parlamento.

Em meio à discussão sobre a ausência do secretário, o Sr. Antônio Júnior se retirou abruptamente do auditório em mais um gesto de profundo desrespeito a esta Casa legislativa. Estavam lá presentes deputados da base do governo e da oposição.

Depois, o secretário publica “nota de esclarecimento”, em tentativa perdida de desvirtuar os fatos - que ele não presenciou - espalhando argumentos desencontrados e sem nexo com a realidade;

Narcísico, falta-lhe espírito público, compreensão do papel que deveria cumprir, e da relação respeitosa que deveria manter com o poder legislativo.
A posição externada pela Assembleia em nada tem a ver com voto, eleição. Tem a ver com o povo de Pernambuco e suas necessidades.

A atitude pequena, mesquinha do secretário executivo, e menor ainda do secretário de transportes, Sebastião Oliveira não surpreende: grande maioria dos parlamentares o secretário nunca recebeu; outros solicitam audiência há mais de ano. E de todos, com exceção - pensamos - de seus correligionários, sequer atende chamadas telefônicas.

Na  próxima semana se irá esperar o secretário Sebastião Oliveira mais uma vez para nova audiência, e nada obstará que as perguntas sejam feitas, que outros desafios sejam lançados - se é esse o tom sugerido pelo secretário -, os critérios de investimentos sejam analisados, e suas ações sejam fiscalizadas. Esse o nosso papel que ninguém nos afastará.



Deputado Claudiano Martins -PP
Presidente da Comissão de Agricultura

Socorro Pimentel - PSL

Rodrigo Novaes - PSD

Augusto César - PTB

Tecnologia do Blogger.