Numa tentativa frustrada, presidiário aproveita visita intima para se vestir de mulher e fugir do complexo prisional do Curado em Recife


 Um fato   inusitado  chamou a atenção  dos agentes penitenciários de  plantão  na tarde deste ultimo sábado (06) na Região Metropolitana do Recife.

Para conseguir fugir de uma das unidades do Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, o presidiário Cleyton  Alberty de Souza Firmino, 20 anos, usou peruca e roupas de mulher. 

A tentativa foi frustrada por agentes penitenciários na tarde deste sábado (16), por volta das 15h, durante a visita conjugal, o caso  foi divulgado pela Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).

O Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp) afirmou que o detento, que havia pintado as unhas para o disfarce, utilizou a carteira de visitante da companheira. “Ele achava que, pela quantidade de gente que estava saindo, ninguém ia notar a presença dele ou pedir identificação”, disse, ao G1, o presidente da entidade, João Carvalho.

 Cleyton será submetido ao Conselho Disciplinar da unidade prisional, enquanto isso, a  identificação da esposa  que  serviu de cúmplice para farsa  já foi suspensa  suspensa
Fonte: G1

Tecnologia do Blogger.