Em Camaragibe, esposa e filho são acusados de matar e esquartejar um médico de 54 anos


Uma  morte seguida de esquartejamento    acabou sendo confirmada na   tarde  da ultima quarta-feira(04)  quando por volta das 14 horas foi encontrado dentro de um poço , o corpo do  médico cardiologista Denirson  Paes da Silva, 54 anos de idade.

De acordo com a policia, o médico  estava desaparecido desde do ultimo dia 20 de junho passado, quando sua esposa registrou um boletim de ocorrência, informando que o esposo tinha viajado ao exterior  é que não tinha mais retornado a sua residência.
Segundas informações, Dr Denirson residia  junto com a família em um condomínio fechado em Camaragibe , e trabalhava no Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco  (Procape).

O caso foi confirmado, após a policia militar  ter sido acionada  por funcionários do condomínio  encontraram  o corpo do medico   jogado num poço  com 25 metros de profundidade  que foi retirado pelo corpo de Bombeiros após varias tentativas.
Iniciado as investigações, após ouvir  familiares do medido, Carmem Lucia , delgada responsável pelo caso desconfiou  da participação da esposa e de um filho de  23 , onde solicitou um mandato de  busca e apreensão na casada família.

Como todos indícios  dão indícios da participação dos dois  no crime, mãe e filho  foram indiciados por ocultação de cadáver , onde passaram  a noite na delegacia de Camaragibe aguardando uma audiência de Custódia marcada para esta quinta-feira (05)

Tecnologia do Blogger.