Lula diz que já não acredita em aliança com PSB

A declaração de Lula, de que, se fosse militante em Pernambuco, já estaria fazendo campanha para a candidata petista Marília Arraes ao governo surpreendeu dirigentes do partido que ainda tentam costurar aliança com o PSB.
A retirada da candidatura dela, principal opositora do governador socialista Paulo Câmara (PSB-PE), que concorre à reeleição, é tida como crucial para que o PSB, em troca, apoie o PT no plano nacional.
Lula, no entanto, tem manifestado descrença em relação a uma aliança nacional com o PSB, que, na opinião dele, estaria apenas “enrolando” o PT. 
O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, minimiza as declarações.
“Temos que relevar. Nas condições atuais, [Lula] pode não estar em um bom momento”, diz ele.
O PSB, diz, seguirá conversando com o PDT de Ciro  e com o PT.
A convenção do partido foi marcada para o dia 5 de agosto, data final para a decisão de candidaturas e alianças.
“Quem tem prazo não tem pressa”, diz Siqueira.
Fonte: Blog do Magno
Tecnologia do Blogger.