Ponto de Vista: Buíque entra 2019 comemorando uma queda de 90% na violência


Com uma população que já ultrapassa os 60 mil habitantes, Buíque no agreste do estado  começa comemorar  um feito  inédito em sua historia, uma  queda  significativa na  violência   dentro do município.

Antes  famosa por ocupar as paginas de noticias  policiais, impossível   seria se não houve nem um registro de BO, isso porque sempre vai existir mais não com a mesma intensidade de antes.
Se de um lado  a policia civil trabalha para elucidar os casos mais complexos que acontece na cidade, como por exemplo agressões, homicídios e trafico de  drogas, do outro lado a Polícia Militar  que se divide em três equipes,  uma que  faz rondas pela cidade, outra que patrulha a zona rural e ainda a Rocam  trabalham  em conjunto com a civil  fazendo com que  o cidadão pense duas vesses antes de cometer um crime porque  agora tem a certeza que não mais ficara impune.

Se a paz volta a reinar dentro do município que  abriga uma colônia penal feminina e por consequência recebe  as famílias das reeducandas, a baixa na violência, no trafico de drogas e outros afins  vem de um resultado  conjugado, onde a policia civil  cumpre seu papel investigando a fundo as denúncias e mandando para cadeia aqueles que de fato devem a justiça, do outro lado a Rocam não deixa barato abordando suspeitos, debelando pontos de vendas de drogas, abordando suspeitos que circulam livremente , principalmente  nos lugares mais remotos da cidade e enquanto isso, a Policia Militar continua fazendo suas rondas na cidade e zona rural.      

Tecnologia do Blogger.