Indígenas bloqueiam rodovias do estado cobrando políticas de saúde


Povos indígenas bloquearam estradas no Sertão e no Agreste de Pernambuco na manhã desta terça-feira (27). O protesto vem em resposta à proposta do Governo Federal de repassar a atenção à saúde dos índios aos municípios e estados. O Ministério da Saúde sugeriu extinguir a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), o que preocupa essas populações.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que há protestos ocorrendo na manhã de hoje em pelo menos quatro trechos das rodovias federais. Foram registradas manifestações no Serão do estado: no quilômetro 11 da BR-428, no município de Cabrobó, no quilômetro 145 da BR-110, em Ibimirim, e no quilômetro 453, na BR-232, no município de São José do Belmonte. No agreste, o protesto aconteceu no quilômetro 230 da BR-232, na cidade de Pesqueira.

Os protestos são mobilizados pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e acontecem em todo país. A instituição informou um cronograma de atos que vão até o dia 29 de março. "Não é no município que a diversidade no atendimento será assegurada. O nosso modelo foi construído com princípios e diretrizes que garantem o respeito a diversidade dos povos e territórios indígenas e garantem a participação do controle social para que as comunidades possam acompanhar, fiscalizar e contribuir com a execução da política nacional de saúde.", comentou a Apib através de nota.
 Fotos: Miranda Kapinawá
Fonte: Diário de Pernambuco

Tecnologia do Blogger.