Com 13 emendas parlamentares, câmara de vereadores transfere para próxima quinta-feira a votação do PCCR dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de Buíque


“Deixe-nos trabalhar” ... “Deixe-nos estudar”.

Essas duas frases citadas, anteriormente, foram proferidas na manhã da ultima quinta-feira, 28 de março de 2019, pelo professor Odilon Pimentel, durante a reunião na câmara de vereadores de Buíque – PE, cujo um dos temas, foi o projeto que reformula o Novo Plano de Carreira e Remuneração (PCCR) para os Profissionais do Magistério da Rede Municipal de Buíque. 

Esse projeto já vem sendo elaborado há algum tempo, mas tomou uma maior proporção ao ser apresentado na câmara de vereadores no dia 14 de março de 2019.  Após ler o texto na íntegra, os professores discordaram de vários artigos propostos, sendo assim, os vereadores, por unanimidade, decidiram que o projeto não seria votado naquela ocasião e que os professores tinham duas semanas para analisar e apresentar as alterações cabíveis. 

Nesse sentido, foi formado uma comissão de professores com o objetivo de revisar o PCCR. Após algumas reuniões dessa comissão, nas quais, a comissão de professores e alguns vereadores se reuniram durante a semana, onde foram modificadas e suprimidas algumas emendas. 

Assim, nesta quinta-feira, o projeto voltou a ser apresentado na câmara, onde, dezenas de professores lotaram o plenário para acompanhar a votação. A pedido da comissão de professores e com o aval dos vereadores, o professor Odilon Pimentel apresentou as emendas revisadas pela comissão de professores, além de expor a importância da aprovação das mesmas para a valorização do magistério desse município, contribuindo para elevar a qualidade educacional.

Ao final, após muitas discussões, e por não chegar a um consenso entre os professores e alguns representantes do legislativo sobre várias emendas, foi pedido vista em relação ao projeto. Dessa forma, a comissão de professores e os vereadores se reunirão na próxima semana para discutir pontos cruciais, como: o artigo que trata dos títulos obtidos em pós-graduações, a mudança de nível, o afastamento para realização de mestrado e doutorado, dentre outras emendas, ficando acordado que o projeto voltaria para votação na reunião desta quinta-feira  04 de abril onde mais uma vez depois do projeto original receber exatos 13 emendas parlamentares teve sua votação adiada para próxima quinta-feira 11 de Abril.

Tecnologia do Blogger.