Apresentação em Goiana da quadrilha junina Anália Simões além de representar o município de Buíque leva alunos do anonimato a fama


Liderados pelo sentimento de superação, alunos, diretores e coordenadores da Escola Anália Simões cravaram suas marcas numa das mais apoteóticas apresentações da abertura do concurso de quadrilha juninas que aconteceu na noite desta quarta-feira em Goiana Região Metropolitana do grande Recife.
Promovida pela Rede Globo Nordeste o festival de quadrilhas continua sendo uma referência  pelo seu encanto e sua magia  onde a cada edição  o mundo conhece o  talento de cada participante  de uma competição que acontece simultaneamente em todos os estados do Nordeste.

Comprovando-se que basta querer  que tudo pode acontecer, embalados pelo desafio prazeroso  de representarem o município de Buíque assim como todo o sertão Pernambucano, os alunos e agora pop stars da Anália Simões em definitivo saíram do anonimato para estrelarem  nas passarelas juninas do estado apresentando a Saga do Vaqueiro que muito tem haver com cada um dos integrantes que são da Zona rural e trabalham  em fazendas espalhadas na região da Ribeira.

Com uma quadra poliesportiva completamente tomada por um publico atento a cada movimento, as emoções da magnífica apresentação  começaram pela entrada do aluno  Breno, um vaqueiro mirim que entrou cantando uma toada falando do amor proibido do vaqueiro, sendo que o mesmo   estuda na Escola e assim como tantos outros  residem na zona rural do município.     

Apresentada por Alan Schimit , que além de produtor e professor de cultura e arte, sobre o comando de Viviany Patrick atual Diretora da Escola Anália Simões, durante exatos 35 minutos de apresentação  com a certeza do dever cumprido e mergulhados em lagrimas de emoção o país pode entender que mesmo diante das dificuldades  da vida basta querer para poder acontecer.
Fotos PC Cavalcanti
Tecnologia do Blogger.