Alepe inicia processo da votação de Carlos Neves para o TCE

Resultado de imagem para eriberto medeiros
Sob a presidência do deputado Eriberto Medeiros (PP), a Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou nesta quarta-feira (10) uma sessão extraordinária legislativa que abre o processo de análise e votação do indicado a novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o advogado Carlos Neves. Estiveram presentes 33 deputados, 14 se ausentaram e dois estão licenciados.
Ao abrir os trabalhos, o presidente da Alepe convidou os demais parlamentares para a sabatina a Carlos Neves na Comissão de Constituição e Justiça, que será realizada nesta quinta-feira (11), às 9 horas. Em seguida, a indicação do advogado ao TCE será votada em plenário, onde será exigido um mínimo de 25 votos para aprovação.
“Estamos seguindo o rito do regimento interno da Casa. Hoje foi a instalação da autoconvocação, amanhã teremos às 9 horas a reunião da Comissão de Constituição e Justiça para os questionamentos ao advogado Carlos Neves e, em seguida, será feita a votação em plenário do Projeto de Resolução apresentado hoje. Acredito que o currículo do indicado será considerado pelos deputados e minha expectativa é a de que a unanimidade dos presentes deve ser favorável à indicação, o que deve ser em torno de 40 deputados, já que alguns estão fora do estado”, comentou o presidente da Alepe, Eriberto Medeiros.
A convocação extraordinária desta quarta foi determinada pelo requerimento 691/2019, assinado por 40 deputados. O advogado Carlos Neves foi indicado ao cargo de conselheiro do TCE pelo governador Paulo Câmara (PSB) e substituirá o conselheiro João Campos que faleceu em junho deste ano.
Fonte: Ascom: ALEPE
Tecnologia do Blogger.