Casamento comunitário promovido pelo Cartorio de registros e Sindicato dos trabalhadores rurais formalizou a união de 60 casais em Buíque


A quadra poliesportiva da Escola Técnica Jornalista Cyl Galindo  acabou se transformando num salão de recepções  para cerimônia coletiva de 60 casais que resolveram oficializar a união de um relacionando que está dentro dos parâmetros da sua informalidade .

Promovido por duas entidades  locais, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Buíque e  Cartório de Registro Civil, ao contrario do que sempre acontece nos casamentos que não são comunitários todas as taxas que seriam pagas pelos noivos  acabaram ficando isenta  transformadas em ato gratuito.

 Como o próprio nome já diz, o comunitário que aconteceu no município de Buíque  reuniu  uma quantidade  de  60 casais de casais para fazer a celebração de seus casamentos em um único dia, na mesma cerimonia que foi celebrada pelo Juiz de Direito da Comarca de Buíque Drº Thiago.

Após o encerramento,  o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Buíque  ofereceu um buffet com doces e salgados acompanhado de refrigerantes servido no próprio local.  

Tecnologia do Blogger.