Em Garanhuns elementos presos acusados de estrupo confessam ter matado o garoto Lucas Vinícios em Julho passado


Na manhã desta quinta-feira, dia 1 de agosto, a polícia prendeu em Garanhuns dois elementos suspeitos de estuprarem uma mulher. Os dois elementos são Luciano de Jesus, 40 anos e Lucas da Silva, 18 anos, ambos residentes no bairro Severiano Moraes Filho, em Indiano na cidade de Garanhuns, ocorre que após a prisão dos dois, os policiais civis da 22ª DPH, por volta das 14:00, realizaram diligências no sentido de averiguar a suspeita de que os mesmos elementos seriam os autores do homicídio que vitimou Lucas Vinícius, o menor que foi barbaramente assassinado.
O garoto foi encontrado no dia 20 de julho, o corpo da vítima, estava em avançado estado de decomposição e foi encontrado em um terreno baldio localizado nas imediações de sua residência, por um morador que passava pelo local e abalou toda sociedade de Garanhuns e região.
Diante dos fortes indícios, os policiais civis realizaram buscas na residência dos acusados e realizaram interrogatórios, diante da inconsistência dos depoimentos, os suspeitos confessaram ao delegado Delegado Titular da 22ª Delegacia de homicídios de Garanhuns a autoria do crime.
Segundo o delegado Eric Costa Cândido, outras diligências estão e serão ainda realizadas para conclusão do Inquérito Policial.
A criança vivia com os avós maternos no bairro Massaranduba e foi vista pela última vez com vida em um armazém de reciclagem. A criança estava com um ferimento na cabeça quando foi encontrada morta.
Do Tribuna do Moxotó
Tecnologia do Blogger.