Remando contra a maré e primando pela própria segurança, em mais um protesto chefe do Poder Legislativo Arcoverdense sai escoltada pela policia


Revoltados com a decisão tomada  pela Secretaria de Defesa Social (SDS) continuando a onda de protestos  que  tiveram início na última sexta-feira (27)  de Setembro, centenas de pessoas ocuparam a frente da câmara municipal de vereadores  de Arcoverde de no início da noite desta segunda feira (30) protestando em favor da permanência do Delegado Drº Israel Lima Rubis  que  na última quinta-feira foi notificado de sua transferência para Vitória de Santo Antão na zona da mata do estado.

Apontada como a principal causadora da transferência do delegado, a vereadora e atual presidente do Poder Legislativo Arcoverdense , Celia Cardoso acabou  atraindo a ira de uma boa parte da população de Arcoverde e região que  em menos de 24 horas deixaram de lhe admirar e passaram  a lhe odiar quando recentemente  tomaram conhecimento de seu discurso inflamado afirmando que iria pedir a transferência do delegado, o que de fato veio acontecer.

Acuada pela população que esperou o início da sessão da câmara que não aconteceu, com gritos de fora Célia, Fica Delegado a parlamentar permaneceu presa por um bom tempo nas dependências do prédio  assistindo  seu colegas  serem vaiados  pela população enquanto deixavam  a casa James Pacheco.

Como a voz do povo e a voz de Deus, remando contra a maré e colhendo o que plantou, a mesma que um dia já foi ovacionada  e aplaudida pela população se conteve em mais uma vez sair escoltada pela polícia  primando pela sua própria segurança.  



Tecnologia do Blogger.