Buíque registra seu primeiro casamento homoafetivo de sua história


Com o reconhecimento de casamento entre duas pessoas  do mesmo sexo  no Brasil se tornou oficial  como entidade familiar , por analogia  á união estável  foi declarado possível pelo  Supremo Tribunal Federal (STF) em 05 de Maio de 2011, desta forma , no país, e  a partir desta data legitimamente  são reconhecidos as uniões estáveis  homoafetivas todos os direitos conferidos às uniões estáveis  entre um homem e uma mulher.
Amparadas por Lei e quebrando velhos paradigmas de uma sociedade  que por sua maioria ainda não aceitam que duas pessoas do mesmo sexo possam se casar, em meio a mais de 61 casais que lotaram o Fórum da Comarca de Buíque no início de tarde desta quinta-feira 19 de Dezembro  para perante o Juiz e o escrivão do cartório civil da cidade  oficializar  sua união se casando no  civil, a radialista Jeane Andrade ladeada pela sua companheira   Vitória entraram para a história  como o primeiro casal homoafetivo  a se casar no município .
Em clima de festa, e por uma opção pessoal do casal devido a quantidade de noivos que estavam se cansando no mesmo horário , como  ambas queriam oficializar a união como de fato manda o figurino  Jeanne e Vitória em cerimônia única por volta das 15 horas com juras de amor  trocaram as alianças e assinaram os papéis após ouvirem a tão sonhada  frase do Juiz agora diante  as testemunhas   vos declaro casados .      
 Fotos:  Estudio Abner Ramos Fotografias 

Tecnologia do Blogger.