Tupanatinga: Depois do Banco do Brasil fechar suas portas, agora foi a vez dos correios anunciar seu fechamento programado para o final de Março


Com um pouco mais de 37 mil habitantes , segundas estimativas do IBGE, Tupanatinga aos  poucos vem perdendo  suas oportunidades de continuar crescendo  cada vez mais  enquanto sua população vire refém das cidades de Buíque e Arcoverde  para poderem fazer uso dos serviços bancários  e outros afins.
Sem expectativa de desenvolvimento  econômico financeiro,  o primeiro impacto negativo que  o município sofreu  foi com o fechamento da agência do Banco do Brasil  o que fez com quer  alguns aposentados e pensionistas  buscassem outros municípios para realizarem suas transações financeiras  de pequenos e grandes portes.
Sem banco na cidade , a circulação de dinheiro dentro do município caiu consideravelmente , o comércio  não prosperou , as vendas caíram e o empresariado por mais que ínsita pouco lucrou.
Considerada a cidade das águas, dia após dias  aumenta o leque de reclamações   por parte da população que sofrem sem ter água nas torneiras  enquanto dezenas de caminhões pipas  num vai e vem  fazem filas para serem abastecidos nas fontes do munícipio que por mais que parece ser rico em água cada vez mais sofrem pela falta d’água nas torneiras da população.
Parado no tempo e sem nem uma expectativa de outra instituição abrir suas portas , depois  do  Banco do Brasil fechar , agora chegou a vez da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos(EBTC)  fechar suas portas que está  já estar programado para acontecer no próximo dia 30 de Março.
Com o fechamento da agência dos correios de Tupanatinga, o atendimento  para entrega  e retirada de objetos será absolvido pela agência do município de Buíque sem prejuízo da continuidade  e da oferta dos serviços e produtos conforme informou a empresa.
Se de um lado não haverá prejuízo para a empresa, do outro lado a população do município de Tupanatinga terá que  mais uma vez se deslocar para Buíque  para assim poder retirar seus objetos que antes chegavam em sua própria residência  tendo que arcarem com o prejuízo e transtornos causados  pela falta de uma agência bancária e em breve sem os correios.
 By Adauto Nilo

Tecnologia do Blogger.