Compesa descarta rompimento da Barragem Riacho do Pau



Em resposta aos boatos que circulam em mensagens de WhatSapp sobre o rompimento da Barragem Riacho do Pau, a Compesa esclarece que a informação não procede. O reservatório, localizado no município de Pedra, está sangrando, ou seja,atingiu a sua capacidade máxima de acumulação, que é de 16,8 milhões de metros cúbicos de água.
A Compesa tranquiliza à população, informando que há 15 dias, antes das chuvas fortes registradas na cidade, técnicos da Companhia, especializados em segurança de barragens, realizaram a inspeção nesse manancial. Após a vistoria, os técnicos asseguraram a estabilidade da barragem. Por fim, a Compesa pede que a população não propague informações que não forem divulgadas por fontes oficiais, a fim de evitar transtornos e pânico na sociedade.
Tecnologia do Blogger.