"Deputados discutem adiar eleições 2020 nos municípios por causa do coronavírus"

Resultado de imagem para eleições 2020
 "Um grupo de deputados começou a discutir a possibilidade de adiar as eleições municipais de 2020 por causa do coronavírus. O primeiro turno está marcado para 4 de outubro e o segundo, para o dia 25 do mesmo mês. O Congresso aprovou, nesta semana, a decretação de estado de calamidade pública para que o país possa lidar com a crise causada pela doença. A preocupação dos deputados com as eleições é que as medidas restritivas impostas para evitar a disseminação do vírus impeçam a realização de atos previstos no calendário eleitoral, como as convenções partidárias.
Segundo o deputado Capitão Augusto (PL-SP), líder da bancada da bala na Câmara, os deputados debatem propostas que vão desde o adiamento de 60 a 90 dias da data prevista para as eleições 2020, em outubro, até o adiamento por dois anos e unificação do pleito municipal com o presidencial, em 2022.
Mas ele considera ser muito cedo para tomar qualquer decisão. “A gente não sabe a extensão ainda [da crise]. É muito precoce tomar uma decisão agora, tem que esperar umas duas semanas. Mas se a crise continuar, é uma solução a se pensar”, disse Augusto."
Caso isso não aconteça :"Veja as principais datas das  eleições 2020
Até 3 de abril: janela eleitoral - período para trocar de partido para concorrer à eleição sem incorrer em infidelidade partidária;
4 de abril: Prazo para que novos partidos sejam registrados na Justiça Eleitoral para lançar candidatos;
15 de maio: Início da arrecadação de doações por pré-candidatos;
20 de julho a 5 de agosto: Convenções partidárias para escolha de candidatos;
15 de agosto: Prazo para registro de candidaturas;
16 de agosto: Início da propaganda eleitoral;
28 de agosto: Horário eleitoral gratuito em rádio e TV;
4 de outubro: Primeiro turno da eleição;
25 de outubro: Segundo turno para municípios com mais de 200 mil eleitores;
18 de dezembro: Diplomação dos eleitos"
Fonte: Gazeta do Povo

Tecnologia do Blogger.