Em Arcoverde no Bairro Boa Esperança córrego não suporta vazão e água alaga ruas invadindo várias residências causando transtorno e prejuízo aos moradores que revoltados interditam trecho da PE 270


Arcoverde: Mal tinham se recuperados dos prejuízos causados pelo ultimo temporal que aconteceu  na cidade na última quarta-feira(25) centenas de moradores residentes no bairro Boa Esperança reviveram as mesmas cenas  depois que uma chuva forte com a mesma intensidade  caiu neste domingo(29) alagando varias ruas, invadindo dezenas de residências e causando um dos maiores prejuízos de todos os tempos da capital do samba de coco.
O pesadelo dos moradores do Bairro da Boa Esperança  ultimamente vem começando quando no céu surge os indícios de chuvas fortes, principalmente como as das últimas semanas que estão caindo em vários pontos da cidade de Arcoverde onde a tubulação já não suporta mais o tamanho do volume d’água que sem ter para onde ir alaga as principais casas que fica próximo ao canal que não dar vazão suficiente , como foi o caso  do temporal que caiu  por volta das 17 horas deste Domingo.
De acordo com alguns dos moradores  que tiveram suas residências invadidas pelas águas , o motivo é que o canal  que corta a parte de baixo do Boa Esperança não está  dando de conta de receber tanta agua ,isso porque quando chove todo volume das águas que descem das ruas do JK se juntam com o do Bairro Boa Esperança e sem ter para onde correr começam alagar as ruas, invadir as casas e causar destruição em massa de tudo que está pela sua frente.
Cansados de pedir socorro, e sem nem uma resposta de quando o canal poder receber obras de alargamento e vazão do volume d’água.
 Passado duas horas após as chuvas e com as ruas 05 de Março (Do Córrego) Rua Cuba no JK e 29 de Julho tomadas pelas águas, dezenas de moradores se reuniram e  interditaram com móveis que foram destruídos dentro de suas residências  o trecho da PE 270  por onde passa canal onde pacificamente a polícia chegou e após um diálogo com os moradores desinterditou o trecho liberando a circulação dos veículos sentido a Buíque  que transitavam lentamente devido as crateras abertas na pista.  
  
     

Tecnologia do Blogger.