Numa semana de chuvas fortes que caíram em Arcoverde, moradores afetados já contabilizan varios prejuízos

A população de Arcoverde, assim como  outras cidades do interior Pernambucano  vem ultrapassando um período de  prejuízos  e transtornos causados pelas últimas chuvas  que com frequência vem caindo na cidade invadindo residências e alagando  as principais ruas e avenidas da cidade.  
Começando pela cratera que recentemente se formou na  270  próximo ao Loteamento Maria de  Fatima  os prejuízos seguem de maneira desenfreadas como foi o caso da última quarta-feira onde vídeos postados nas redes sociais mostravam residências  do  Bairro da Boa Vista estavam sendo invadidas  pela correntezas deixando moradores daquela comunidade em meio ao medo e destruição .
Saindo do Bairro da Boa Vista, o canal que corta a cidade  não suportou o volume d’água e em alguns pontos da cidade seguiu deixando ares de destruição causando pânico nos moradores que residem a beira do canal e deságua no Riacho do Mel que  somente esta semana transbordou em todo seu percurso  passando próximo ao Povoado Moderna  em Sertânia até chegar ao açude do Poço da Cruz  no Município de Ibimirim.
De acordo com algumas informações recém chegadas a redação do Portal Girosocialb, atentos as trovoadas os proprietários de lojas, principalmente os da Avenida Antônio Japiassú antes mesmo das trovoadas começarem a cair  já começam a se prepararem para retirar a água que invade seus comércios após aquele trecho ficar submerso conforme ia acontecendo nesta tarde desta sexta-feira (27) quando foi descoberto que uma galeria  que passava  por baixo de uma farmácia estava entupida  sendo necessário uma força tarefa para quebrar uma boa parte de uma calçada para poder desentupir aquela galeria.
Outro ponto crítico e que deixa os moradores em pânico são algumas ruas que ficam próximo ao viaduto e ao Hospital onde segundo um morador as ruas são baixas e com o volume grande das águas das correntezas não conseguem escoar direto para o canal o que provoca o retorno  invadindo algumas residências  causando ainda mais prejuízos e destruições.

Tecnologia do Blogger.