Buíque pode ganhar hospital de campanha


O prefeito de Buíque, Arquimedes Valença (MDB), anunciou uma série de medidas que serão implementadas nos próximos dias para ampliar o atendimento à saúde da população na cidade, distritos e zona rural do município no enfrentamento ao coronavírus. Entre as medidas a reestruturação do atendimento das UBS, a inauguração da nova casa de saúde e o planejamento para implantação de um hospital de campanha se necessário, conforme ressaltou o prefeito. Buíque até agora não tem nenhum caso confirmado ou suspeito para o Covid-19.
“Apesar de não termos ainda nenhum caso confirmado ou suspeito, estamos reorganizando toda a nossa rede de saúde para o que se chama de semanas do pico da pandemia do coronavírus, que estão por vir. Pra isso, estamos acelerando a obra da nova casa de saúde para entregar nas próximas semanas, vamos ampliar os atendimentos das unidades de saúde, gratificar os servidores que estão na linha de frente da saúde e já deixar planejado a possibilidade de um hospital de campanha, pois sabemos que o pico da doença ainda está por vir”, disse Arquimedes. 
Segundo a secretária Janice Rodrigues, a Casa de Saúde será entregue de forma completa com todos os equipamentos necessários, incluindo os doados pelos Amigos do Bem (02 ambulâncias, 01 Raio X Digital, um gerador, oxímetro portátil e uma bomba de infusão), nas primeiras semanas de maio. Com a inauguração da nova casa de saúde, o espaço hoje utilizado pela unidade servirá de retaguarda para a implantação do hospital de campanha se assim a demanda demonstrar sua necessidade.
Outra definição importante é a reestruturação das equipes das Unidades Básicas de Saúde que vão realizar os atendimentos preventivos da atenção básica, atendimentos como curativos e tudo que for possível para amenizar o volume de pessoas na casa de saúde, evitando também o deslocamento dessas pessoas. Além disso, foi autorizado o incremento no valor da insalubridade dos enfermeiros, técnicos e motoristas que estão na linha de frente do atendimento durante a vigência do decreto que trata da pandemia no município. 
Na lista de ações a serem colocadas em práticas ainda esta semana está a sanitização (higienização) das ruas centrais da cidade, principalmente nas áreas externas de maior movimento, como supermercados, agências bancárias, correspondentes bancários e praças, entre outros. A sanitização elimina microrganismos nocivos e previnem a proliferação de doenças, sendo indicado pelo Ministério da Saúde para o controle do Coronavírus.
Tecnologia do Blogger.