Tupanatinga começa a semana com sua população fazendo as contas do emblemático cenário politico que se formou com o fechamento da janela partidária no município.


Assim como o município de Buíque,  com o fechamento das janelas partidárias ,Tupanatinga  no agreste do estado  ate o momento  as notícias  que chegam  aos ouvidos dos eleitores são de que ao contrário das eleições passadas , nas próximas   tanto o grupo da situação comandada pelo  então prefeito Silvio Roque, quanto o da oposição  ate então comandado pelo ex prefeito Manuel Tomé  terão a companhia de um  terceiro grupo comandado pelo primogênito  do ex vice prefeito Genecir  de Minervino, Diego que  fechou sua janela partidária com uma vereadora eleita que foi a sua mãe.
Comparando-se ao vizinho município de Buíque, cuja sua população atualmente ultrapassa os 60 mil habitantes e possui  ate o momento  38.132 eleitores inscritos , apesar de toda esses números para muitos   o município  ainda não tem porte para manter uma terceira via, Tupanatinga  com 27 mil 304  habitantes  e   17.887 eleitores inscritos  pela quantidade de eleitores  também não deverá suportar um terceiro grupo porque  um dos três  grupos deverá perder forças políticas  e para sobreviver terá que se aliar  um outro  para que possa apenas  ficar dois grupos , o da situação comandado por Silvio Roque e o outro da oposição .
Como a politica de Tupanatinga assim como a de Buíque  já tem seus pré candidatos favoritos, do lado do atual prefeito a janela partidária  que se encerrou  nos últimos minutos do ultimo sábado 04, dos 11 parlamentares eleitos o prefeito Silvio Roque que detém o poder manteve  no grupo da situação os vereadores ; Dílson, Wellysson, Neném, e Áureo,  enquanto isso , o ex prefeito Tomé saiu fortalecido com , Neto de Duca presidente da câmara, Carlinho de Idelfonso, Dé do povão , Costa do cabo do Campo , João Pedro e  Artur, já Diego de Minervino , apenas sua mãe que é a vereadora Adalgisa  Teixeira   

Tecnologia do Blogger.