Em Buíque Prefeitura através de sua secretaria de finanças promove reunião com representantes da Caixa Econômica Federal para juntos traçarem metas visando diminuir o sofrimento da população nas longas filas

Nesta sexta-feira (01) a secretária de Finanças de Buíque, Telma Valença, juntamente com o prefeito Arquimedes Valença e representante da Caixa Econômica Federal definiram várias medidas com o intuito de organizar as filas provocadas pelas pessoas que precisam se deslocar até a agência central da cidade para sacar seu auxílio emergencial. O objetivo é garantir o máximo de segurança e distanciamento entre as pessoas devido a pandemia do novo coronavírus.
Segundo Telma Valença, ficou definido que a partir desta segunda-feira (040, a Avenida Jonas Camelo será interditada no horário do expediente bancário de forma a facilitar a organização das filas que se fazem em frente a agência e ao longo das calçadas. 
A Prefeitura também vai instalar um grande toldo na avenida. Já a Caixa vai realizar a marcação dos espaços onde cada pessoa deve ficar com um distanciamento de 1,5 metros entre uma e outra. A Caixa vai colocar pessoal de sua equipe para organizar as filas internamente e externamente, ficando responsável por toda essa organização.Ainda na segunda-feira, o pessoal das secretarias de Saúde, Assistência Social e Defesa Civil deverão estar orientando a população que precisa ir até a agência bancária para resolver suas questões e adotando outras medidas de combate ao novo coronavírus.
As medidas da Caixa visam também a decisão se adequar a liminar proferida no plantão judicial pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5, desembargador federal Vladimir Souza Carvalho, que determina a instituição a adequar seu atendimento, para cumprir as regras de distanciamento social e evitar filas e aglomerações nas imediações das agências bancárias, ao realizar o pagamento do auxílio emergencial, para isso colocando funcionários para atuares na organização das filas.“
A grande preocupação do prefeito Arquimedes é garantir a segurança para que as pessoas que realmente precisam se deslocar até a agência da Caixa possam realizar suas transações financeiras, evitando uma maior disseminação do vírus Covid-19 em nosso município e para isso a prefeitura não está medindo esforços”, afirmou a secretária Telma Valença.


Tecnologia do Blogger.