Em entrevista ex e pre candidato a prefeito de Buíque diz que uma auditoria na prefeitura será sua prioridade.


No finalzinho da manhã desta sexta-feira (29) o ex  prefeito  e  então pre candidato do município de Buíque , Jonas Camelo de Almeida Neto   voltou a participar de uma live  com  Tony Silva  por onde começou pontuando as ultimas ações que vem executando com perfurações de poços artesianos oriundos  da Codevasf  através de uma emenda parlamentar  do Deputado  Federal Augusto Coutinho.
Indagado sobre  o que teria a falar sobre a reforma da casa de saúde que a partir dos próximos dias voltara a funcionar  como  Hospital, e ox prefeito ressaltou que  já estava na hora do município ter seu Hospital e que sobre a reforma não  tinha nada a falar, e rebateu as polemicas nas redes sociais com criticas  quanto a  mudança do nome onde o mesmo fez questão de deixar claro que não tinha nada contra ao nome da homenageada Maria Deci Macedo Valença, até porque , além de dona Deci  ter  sido  por três vesses  primeira dama, também foi secretaria de saúde, não tem nada contra a homenagem e não tinha nada pra falar porque  conheceu ela pessoalmente.
Continuando ainda falando da reforma, Jonas  Camelo  fez um resumo dos  recursos aplicados na reforma da casa de saúde  por parte do atual prefeito do município citando  os valores da venda da folha de pagamento, recursos do pré sal entre outros como as doações feitas pela Ong Amigos do Bem, e foi mais além mencionando que já entrou com ação junto ao MP-PE solicitando a prestação de contas dos valores aplicados na reforma e a apuração se teve superfaturamento nas obras.
Admitindo que a antiga casa de saúde precisava de uma reforma porque  fazia mais de 30 anos que tinha sido construída  e justificou que não entregou a casa de saúde fechada, e sobre os Postos de Saúde não  concluiu as obras  porque  quanto gestor teve três grandes problemas, o primeiro a crise hídrica, o segundo a crise politica com o afastamento da ex presidente Dilma , e o terceiro   a crise institucional  porque que ninguém sabia quem governava o país, mais deixou em conta mais de 5,5 milhões para  concluir.
Admitindo que o Governo do estado não está fazendo a sua parte, a prefeitura de Buíque está fazendo a sua parte por causa disso toda a população de Buíque está sofrendo com isso, e  criticou a ação que no ultimo sábado foi executado  na PE 270 via parcerias  entre prefeitura e empresários locais.
Refrescando a memória da população ,Jonas  lembrou que em sua gestão a casa de saúde passou 10 dias fechada pela Ampevisa e pelo Ministério Publico  e ressaltou que a casa de saúde não foi entregue a atual gestão fechada.
Perguntado sobre as barreiras sanitárias, Jonas  Camelo  disse que demorou a  começar a funcionar  e que quando  foi feita, foi de forma  ineficaz  porque era pra ter sido feita logo no inicio  do corona vírus porque deveria terem sido feitas em outras localidades  porque  segundo Jonas em Buíque o Covid  quando chega as 19 horas vai pra casa dormir.
Entrando para o lado politico, Jonas ressaltou que está trabalhando na eleição, porque pelo que ele sabe nada se modificou , e que a eleição vai ocorrer no próximo dia 04 de Outubro , e queria muito que os  Ministros do TCE tivesse a mesma  serenidade de não acontecesse  para não contaminar as pessoas .
Se  mantendo ainda na linha politica , Jonas  foi enfático quando disse que no município de Buíque hoje tem três grupos políticos, o grupo dele,  do prefeito dizendo que ele não  é prefeito, uma parte do  grupo da ex vice prefeita Miriam Briano dizendo que ele não é candidato  mais  que teve uma conta rejeitada  e que aguarda o volta da Juíza da comarca de Buíque para começar a mexer na candidatura dele e como já foi sondado para apoiar outro nome  quem quiser  crescer que corra atrás.
Concluindo a entrevista, quanto perguntado que nota dava a atual gestão  de 0 a 10  para gestão  Jonas  deu 02,  e na sua visão  para a  saúde  deu 05 e quando mais uma vez perguntado se eleito for  qual seria sua principal prioridade Jonas disse que  a primeira coisa a fazer seria uma auditoria.
Foto e pauta foram  extraídas da Live TV Buíque
Tecnologia do Blogger.