Governo de PE silencia sobre mortes de médicos

Causa espanto – e indignação – a omissão do Governo de Pernambuco sobre as mortes de médicos locais em decorrência da Covid-19. Em menos de 24h, dois profissionais de grande estima, o cardiologista Milton Garret Jr., 66, e a anestesiologista e acupunturista Rosa Maria Papaléo, 65, foram vítimas fatais do novo coronavírus.
Até o momento, só o Cremepe lamentou publicamente as duas perdas. Enquanto isso, nosso estado segue líder no Nordeste em óbitos causados pela doença: 603 pessoas faleceram em Pernambuco. Estamos atrás apenas do Rio de Janeiro e de São Paulo nesta triste estatística.
O cenário é desolador e estamos a um passo do colapso no sistema de saúde. Quase não há vagas de UTI e a projeção é péssima nas próximas duas semanas. Do Palácio do Campo das Princesas, as autoridades tentam imputar ao governo federal a responsabilidade de um lockdown, quando isso depende, sobretudo, das forças locais.O monitoramento que a Prefeitura do Recife alega fazer dos milhares de celulares espalhados, por sua vez, é inútil se medidas efetivas não são tomadas de fato.
Fonte: Blog do Magno
Tecnologia do Blogger.