Ibimirim: Por causa do Covid-19 Decreto assinado pelo prefeito impõe uma serie de restrições como o uso obrigatório de mascaras, suspensão de feiras livres, entre outras com multas de 150 a mil reais para quem não cumprir


Preocupado com o crescimento dos números de  casos confirmados  pelo corona vírus no município, conforme  o  ultimo   Boletim  divulgado  na ultima quarta-feira que já chegou a casa dos 11 o prefeito do município de Ibimirim resolveu fechar o cerco no combate ao Covid-19  impondo medidas severas  sobre pena  e multa que  poderão chegar a um mil reais  dependendo do descumprimento  das medidas impostas através do Decreto Nº 42/2020.
Visando  intensificar cada vez mais as medidas restritivas  voltadas a contenção da curva e disseminação do novo corona vírus no âmbito do município ,  o prefeito Jose Adauto da Silva (Adauto  do Bodegão) destacou que as medidas agora mais do que nunca deverão serem cumpridas pela população  para  se evitar  novas contaminações e até mesmo novas  mortes.Deixando bem claro que  a curva de casos do Covid-19 vem aumentando  cada vez no país , no estado e no próprio município , Adauto  do Bodegão pontuou que as decisões  a serem tomadas não é fácil de tomar, mais  chega o momento que é necessário tomar mesmo que seja por trinta dias , mais  que poderá ser revogado antes da data determinada , mais para que isso possa acontecer é necessário contar com a colaboração da população  que  deverá evitar o máximo em  sair de suas  casas, e se sair  só se for  que seja com extrema necessidade.
Começando com o anúncio de implantação de mais duas  barreiras que juntas a outras 03 que já estão em funcionamento somam-se 05, o município ainda contratou 18 seguranças particulares e acionou a Policia Militar para ficar a disposição quando necessário for acionada.
Implantação de 05 barreiras com uma equipe nas principais entradas da cidade.
Contratação de 18 seguranças particulares munidos de aparelhos de celular  para acionar as autoridades caso  necessário for.
Suspenção da feira livre nos dias de sábado ao entorno do açougue  público e das feiras que acontecem  diariamente  ao lado do Banco do Brasil.
Uso Obrigatório de mascaras ( Caso alguém seja  flagrado  está sujeito a multa e detenção  mais uma multa no valor de R$ 150 reais)
Fechamento das ruas que dão acesso ao centro, exceto a avenida  central que terá duas  barreiras montadas , uma na entrada da cidade e outra na saída próxima a Igreja Santo Antônio)
Transportes , Vans que esteja conduzido acima de 05 pessoas  precisará  se identificar e  Justificar-se,  e acima de cinco pessoas  a multa será no valor de R$ 500 reais por passageiro excedente.
Transporte intermunicipal  que venha de outro estado  está proibido sua entrada na cidade  sem antes avisar  a vigilância sanitária , caso não avise  a  multa  estipulada  será 1 mil reais por passageiro  e mais outra multa maior ao proprietário ou empresa que faça transporte de passageiros.



Tecnologia do Blogger.