Marília Arraees diz que ,: “Pernambuco precisa de lockdown urgente”

A deputada federal Marília Arraes defendeu, na noite de ontem, uma tomada de atitude por parte do governador Paulo Câmara para que Pernambuco recorra com urgência ao lockdown (bloqueio em todas as atividades não essenciais), recurso recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e já adotado com resultados positivos por outros Países, como Argentina, Portugal e Nova Zelândia. No Brasil, o Maranhão começará a adotar o lockdown a partir de hoje.
“Todos os países que optaram pelo lockdown mostraram o quanto a medida foi eficiente. Se o Estado tivesse tomado essa decisão antes poderia ter evitado o avanço no número de contaminados e mortos. Faltou coragem para que se decretasse o lockdown. Isto é uma questão de saúde e de responsabilidade pública”, afirmou.
Marília lembra que a situação em Pernambuco é tão grave que hoje o número de mortes no Estado (691) é superior ao do Japão (556). Ela diz ainda que no Brasil, mesmo sem o lockdown, há também municípios que adotaram o isolamento com mais rigor e maior antecedência têm hoje menor incidência de infectados pelo COVID-19. É o caso de São José dos Pinhais e Ponta Grossa, no Paraná.
“Aqui no Recife também deveria ter existido maior rigor. O Governador e os prefeitos têm que ter coragem de tomar essa decisão que, apesar de difícil, pode salvar muitas vidas. Temos que ser referência em atitude e interromper este ciclo de contaminação e mortes. É preciso lockdown urgente!”, cobrou Marília Arraes.
Tecnologia do Blogger.