Alvo de inquérito das fake news, ativista Sara Winter e presa pela Policia Federal em Brasilia.

A Polícia Federal cumpriu um mandado de prisão temporária contra a ativista bolsonarista Sara Winter na manhã desta segunda-feira (15), em Brasília. Neste momento, Sara Fernanda Giromini está na superintendência da PF aguardando a chegada de advogados.O mandado de prisão foi autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo. Sara é alvo do inquérito das fake news, do próprio STF. A ativista é investigada por promover ataques à Corte.
Além de Sara, outras cinco pessoas foram presas, todas elas ligadas a manifestações antidemocráticas.
No fim de maio, a PF já havia cumprido um mandado de busca e apreensão na residência da bolsonarista. Na ocasião, os agentes recolheram celular e computador de Sara.
Além de Sara, outras cinco pessoas foram presas, todas elas ligadas a manifestações antidemocráticas.
No fim de maio, a PF já havia cumprido um mandado de busca e apreensão na residência da bolsonarista. Na ocasião, os agentes recolheram celular e computador de Sara.
Fonte: Jornal de Brasilia
Tecnologia do Blogger.