Lei Aldir Blanc que prevê o pagamento de auxilio emergencial aos profissionais da cultura e pouco divulgada em vários municípios Brasileiros

Secretaria de Cultura de Registro publica nota sobre Lei Aldir Blanc
Com o objetivo  de ajudar profissionais e organizações culturais  que perderam sua renda  em razão da crise  do coronavírus, cerca de três bilhões de reais  deverão ser repassados  pelo Governo Federal aos estados e municípios  que por sua vez  deverão repassar  como forma  de renda  emergencial para  os trabalhadores e trabalhadoras  do setor de cultura  amparados pela Lei 14.017 nomeada de Aldir Blanc.
Os recursos, de acordo com a lei mencionada, deverão ser direcionados aos profissionais da cultura, bem como espaços culturais e artísticos através de: renda emergencial, subsídios para manutenção de espaços artísticos e culturais, editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor da cultura  de cada município através de suas secretarias de cultura e turismo.
Na lista, músicos, cantores, artistas de teatro, artesões, técnicos de som, profissionais de dança, produtores culturais, grupos culturais, espaços culturais e artísticos entre outros  poderão entrar em contato com os setores  de cada prefeitura  onde poderão receber  todas as informações pertinentes  ao direito do auxilio  emergencial  no valor de 600 reais pagos por três meses   que foi criado com o objetivo de minimizar os impactos negativos gerados pela pandemia do novo Covid-19. 

Tecnologia do Blogger.