Arcoverde:Instalada CPI para apurar desvios de recursos do Governo Madalena com sumiço de vereadores do governo

Demonstrando nenhum interesse com a verdade dos fatos e a transparência, os vereadores que integram a banca do Governo fugiram da sessão desta segunda-feira, dia 10 de agosto, para tentar evitar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI que vai investigar os desvios de recursos na Secretaria de Assistência Social do Governo Madalena Britto (PSB). Apesar da ausência, a CPI foi instalada.
O vereador Everaldo Lira (PTB), que presidiu a sessão, na condição de presidente interino, instalou a CPI indicando os seus membros. Na Presidência ficou a vereadora Cybele Roa; como Relatora, a vereadora Zirleide Monteiro e como Secretário o vereador Heriberto do Sacolão. Todos estavam presentes na Câmara.
Faltaram a sessão a presidente da casa, vereadora Célia Galindo e os vereadores Siquerinha, João Taxista, Geraldo Vaz, Luiza Margarida, todos do PSB de Madalena, e a vereadora Cleriane Medeiros, que é filiada ao Avante. 
Durante toda a semana passada a presidente da casa, Célia Galindo, disse que iria instalar a CPI, inclusive em entrevista a blogs do estado, como o de Magno Martins, mas terminou não cumprindo o prometido aliviando para o governo do PSB que tenta de todas as formas barrar a comissão. 
Segundo a vereadora Zirleide Monteiro, “é lamentável o papelão feito pelo governo que orientou seus vereadores a não comparecerem a sessão e mais lamentável a presidente da casa que deveria ter cumprido sua obrigação anteriormente; mas, graças a Deus, o vereador Everaldo Lira, na condição de presidente, instalou a CPI e amanhã mesmo vamos começar a trabalhar para desvendar as falcatruas que existem nesse governo”.
Fonte: Folha das Cidades.
Tecnologia do Blogger.