Menina de 10 anos, natural do Espírito Santo que foi estuprada por um tio, está no Recife para efetivar o aborto autorizado pela justiça.

Menina de 10 anos, natural do Espírito Santo que foi estuprada por um tio, está no Recife para efetivar o aborto autorizado pela justiça. 
O tio da vítima se encontra foragido. A criança morava com os avós. A presença da menor de 10 anos no Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam-UPE), no Recife, causou confusão na tarde de ontem, com mobilização de grupos a favor e contrários ao aborto, com presença da polícia e início de confusão. 
A autorização para o aborto foi dada pelo juiz Antônio Moreira Fernandes, da Vara da Infância e da Juventude de São Mateus (Espírito Santo), cidade onde a menina grávida mora. 
Ele atendeu pedido do Ministério Público do Espírito Santo, para quem o fato de a gestação decorrer de um estupro e representar riscos para a mãe torna o aborto legal. 
Porém, apesar da decisão, o hospital para onde a garota foi levada, em Vitória do Espírito Santo, disse que não tinha condições para realizar o procedimento, argumentando que o tempo da gestação está muito avançado. Em vídeo, Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, protestou contra aborto legal no Recife.
Tecnologia do Blogger.