Politicamente Falando,Vem ai as próximas atrações.


Com a promulgação  da Emenda Constitucional (EC) 107/2020 que adiou as eleições municipais em todo país, todos os prazos  eleitoras previstos  foram prorrogados por 42 dias, inclusive  as convenções partidárias  que  com a mudança passou para o período de 30 de Agosto  a 16 de Setembro próximo.

Ao contrario de outras convenções  que servia de termômetro  para medir  a temperatura da  campanha eleitoral no município de Buíque, este ano por causa  da pandemia do novo Covid-19 o Tribunal Superior Eleitoral  vedou a realização  das convenções partidárias   em locais públicos   com aglomeração de pessoas e  autorizou  de forma virtual  pelos partidos nas eleições municipais de 2020.

Recheados de grandes surpresas, os dias que antecedem as convenções  partidárias  em Buíque  poderão reservar algumas mudanças  onde tudo poderá acontecer na montagem das  chapas majoritária  que  em 2020 passou de duas para três.

Mais parecida com um  jogo de Xadrez, o cheque mate nas próximas eleições  será  dado por pelo  pré candidatos que mais souber jogar, isso porque a competição será entre os velhos e antigos aliados políticos, Arquimedes Gudes Valença,  Miriam Briano  Alves  e o ex  prefeito  Jonas Camelo que ao tomar conhecimento que seu nome consta  na lista  entregue ao TSE dos ex prefeitos  com  contas rejeitadas ,usou suas redes sociais  para anunciar que  com essa notícia nada mudou e vai sair candidato porque vai  recorrer da decisão .

Começando pela pre candidata Miriam Briano que recentemente  oficializou  o vereador Daidsom Amorim como seu pre  candidato a vice, em seu currículo politico municipal Miriam Briano coleciona  três vitorias como vice em 2000 e 2004 com Arquimedes Guedes Valença, 2012 como Jonas camelo, assim como também duas derrotas na condição de  candidata a prefeita , a primeira ao lado de Modezio Soares apoiada  por Arquimedes prefeito naquela  e  em 2016 com Luiz de Bizunga apoiada pelo prefeito da época Jonas Camelo que agora se apresenta  como pré candidato a prefeito ao lado de Modezio Soares ex aliado politico do atual prefeito, ex  candidato a vice  prefeito de Miriam e esposo de Corina Galindo atual presidente da câmara de vereadores  e principal peça chave  na  apresentação  que resultou na rejeição das contas do ex prefeito reprovadas sobre seu comando no papel de presidente da mesa diretora em 2018.  

Considerados adversários políticos, pela primeira vez politicamente falando Arquimedes e Jonas voltam a  se enfrentar nas urnas  sendo que diferente de outras vesses onde so existia dois grupos politicos nesta  os dois irão  disputar com mais um grupo recém´ formado pela ex vice prefeita  ira disputar pela terceira vez  cargo, o de “Prefeito”  enquanto Arquimedes busca seu quinto mandato e Jonas seu terceiro.

Como  Miriam  já escolheu e apresentou  o vereador  Daidsom para ser seu vice , Jonas  fez o mesmo com  Modezio, enquanto segue na construção de sua  reeleição,  mesmo sem confirmar  nada ainda até porque até o dia 31 de Dezembro  Dr Dilson   de Souza   continua  ocupando seu posto de vice prefeito, rumores de bastidores confirmam que para o próximo pleito eleitoral mudanças  deverão acontecer, inclusive diálogos entre o atual prefeito e seu vice já aconteceram e de comum acordo ambos chegaram a conclusão  que a politica de Buíque precisa se renovar com a chegada  novos nomes, como o  nome do empresário Túlio filho do também empresário Fernando Agente  que  já está circulando  pelos quatros cantos do município ao lado de Arquimedes .
  

Tecnologia do Blogger.