EXCLUSIVO: Em atuação conjunta promovida pelos grupos politicos de Dr. Diego Minervino e Silvio Roque Manoel Tomé se matem inelegível e fica fora da disputa eleitoral em Tupanatinga.


 O ex-prefeito da cidade de Tupanatinga, Manoel Tomé, continua inelegível e com isso não pode se candidatar às eleições 2020. 
Tudo começou com uma ação impetrada pelos Vereadores Wellysson de Quinca e Áureo de Dadá, que são do grupo do prefeito Silvio Roque e tentaram pela judicial proibir aquela sessão e anular o decreto que deixava o ex-prefeito inteligível, como não conseguiram optaram por desistir da ação. Foi então que a Vereadora Gilsa Teixeira que é a Mãe do pré-candidato a prefeito Dr. Diego Minervino ingressou com uma ação anulatória e conseguiu a concessão de uma liminar que deixa o ex-prefeito Manoel Tomé fora das eleições de 2020. 
É uma vitória para o grupo do Dr. Diego Minervino que agora figura como candidato da oposição. É também uma vitória do prefeito Silvio Roque que vê seu principal adversário cair na malha da justiça. Manoel Tomé por se encontrar na lista de prefeitos e ex-prefeitos no Estado com contas irregulares, encaminhada pelo Tribunal de Contas (TCE-PE) ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) se encontra inelegível.Mesmo conseguindo há poucos dias, que a Câmara Municipal da cidade, anulasse os efeitos do Decreto Legislativo 02/2015, que foi responsável por reprovar as contas do o exercício de 2012, a juíza Ingrid Miranda Leite suspendeu essa anulação, conforme decisão publicada na tarde de ontem (16), e Manoel Tomé continua sem poder ser candidato. 
Sofre também uma grande derrota o presidente da Câmara Municipal de Tupanatinga, Joaquim Neto, avaliador da candidatura de Manoel Tomé.

Tecnologia do Blogger.