Cinco vereadores não consegue se reeleger em Buíque

Vereadores(as) Eleitos em Buíque nas eleições 2020

Passados mais de três horas de espera, após conhecer o os resultados  finais das apurações das urnas que reelegeu Arquimedes Valença  para por mais 4 anos governar o município de Buíque, faltando poucos minutos para  o final da noite de 15 de Novembro, a população  acabou conhecendo quais serão os nomes dos 15 vereadores que irão lhes representar pelos próximos quatros anos.

Numa eleição que teve  25.953 votos validos, 585 votos brancos, 167 nulos e 9.939 abstenções,mais uma vez aconteceu o esperado, uma renovação na Câmara Municipal de Vereadores  onde pela primeira vez, três mulheres estarão entre os 15 vereadores eleitos.

Começando  por Aline, que concorreu as eleições na vaga de seu irmão, o vereador André de Toinho, a  mais nova parlamentar Buiquense  consagrou sua vitoria como a vereadora mais bem votada dentro do município, obtendo 1.388 votos, enquanto isso a vereadora e atual presidente da Casa  Jorge Domingos Ramos se reelegeu com 1.256 votos , ao contrario da também vereadora Creusa Couto  que continua com  seu mandato até 2024 após ter sido reeleita  com 616, enquanto isso, Drª Clara surpreendeu nas urnas e conseguiu se eleger com exatos 804 votos.

Com todos os ventos soprando a seu favor, outro novato, Rodrigo da Ótica, entre  os vereadores foi o que teve mais votos e com 1.088  confirmou seu favoritismo, assim como Cicinho de Cicero Salviano  que se elegeu com 982 votos.

Reeleito para um terceiro mandato, Felinho da Serrinha conseguiu 977 votos, seguido por Peba do Carneiro que teve  969, Preto Kapinawuá, 837,Melque do Catimbau,789, Deca de Napo 778, Leonardo de Gilberto, 767,Enfermeiro Luis Cristiano, 756, Élson Francisco,751,e fechando as 15 vagas, Nenem de Barão eleito com 709 votos .

Não conseguiram se reeleger,  Dodo, Ernane Neto, Euclides do Catimbau  e Jordão Briano e Dão Tavares.

 

 

 

Tecnologia do Blogger.