Coligação Ibimirim de Coração é denunciada ao Conselho Tutelar e Ministério Publico por utilizar indevidamente uma criança em atos de campanha presenciais

 A Coligação Ibimirim de Coração, que tem como candidato à prefeito Welliton Siqueira, foi denunciada ao Ministério Público e ao Conselho Tutelar no dia 12 de novembro, por utilizar indevidamente uma criança em atos de campanha presenciais e por divulgar as imagens da infante na internet. No ofício encaminhado aos órgãos, o advogado Jeimeson Alberis indica que os atos em questão devem ser punidos pelo art. 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente, já que o ato é um constrangimento para a menor, que não possui discernimento, em razão da idade, para participar diretamente da obtenção de votos. 

Além disso, destaca que as imagens não podem, de forma alguma, serem veiculadas nas redes sociais, devendo os compartilhadores serem também punidos. 

Uma ação parecida ocorreu em 2016, pelo Órgão de defesa da infância do Ministério Público do Distrito Federal, que determinou a abertura de investigação sobre a autoria de vídeo que fez uso indevido da imagem de crianças, expondo-as a conteúdo impróprio para a idade e grau de maturidade. O material foi utilizado para atacar o candidato Jair Bolsonaro durante a campanha do segundo turno das últimas eleições para Presidência da República.
Fonte: Assessoria da  Coligação Ibimirim no Caminho Certo,
Tecnologia do Blogger.