Depois de registrar 53 novos casos de Covid-19 nos últimos quatros dias, Sertânia volta a suspender varias atividades, entre elas, festas, eventos esportivos e venda de bebidas "in-loco"

Em Sertânia, no sertão do estado, assim como em outras cidades do interior, os movimentos políticos partidários  acabaram deixando de lado  todas as recomendações  expostas pelas  autoridades sanitárias   quanto a proteção , distanciamento  e principalmente o uso de mascaras nas carreatas e nos porta á porta feitos nas cidade, nos distritos e povoados de cada município.

Movidas pelas  calor da emoção, aliados ao sentimento de amor por cada coligação partidária, mesmo ciente que a pandemia existia, tudo aconteceu, menos o cumprimento de normas impostas no  combate e prevenção ao novo Covid-19, uma doença infecciosa causada pelo novo coronavírus recém-descoberto.

Com registros de números  assustadores de pessoas infectadas, isso porque nos últimos 04 dias, que foram  53 pessoas testando  positivo para o novo Covid-19, e com  ecasses de vagas nas UTI’S da região, o prefeito , Ângelo Ferreira acabou baixando o Decreto de Nº 041/2020  dispondo sobre novas medidas temporárias a serem adotadas no âmbito do município de Sertânia para o enfrentamento de emergência em saúde publica decorrente pelos próximos 20 dias a contar a partir da próxima sexta-feira, 27 de Novembro.

Dentre as medidas adotadas no  decreto assinado pelo chefe do poder executivo estão suspensas a venda de bebidas “in loco “ em quaisquer estabelecimento comercial,atividades de festas de qualquer natureza, em clubes, bares, restaurantes  e similares, sejam ambientes fechados ou abertos,parques de diversões,brinquedos em áreas publicas, atividades esportivas em quadras, e ginásios poliesportivos  além de  campo de futebol.

Também permanecerão suspensas as aulas de forma presencial na rede municipal de ensino até o dia 31 de Dezembro.



Tecnologia do Blogger.