Por unanimidade, ex prefeito de Buíque, Jonas Camelô tem seu recurso indeferido pelo TRE e ainda é condenado por Litigância de má-fé com à justiça

Por videoconferência na 99ª Sessão Plenária  na tarde desta quarta-feira 11 de Novembro, o candidato a prefeito pelo município de Buíque, Jonas Camelo de Almeida Neto (SD)  teve indeferido o recurso de sua candidatura  e ainda foi indicado a pagar  uma multa equivalente a um salário minimo  seguido de uma condenação  de litigância de má fé.

Segundo ressaltou os desembargadores de justiça , o ex prefeito do município  deixou de aplicar 15% na área de saúde, onde na época foi aplicado menos de 10%, 9,78% para ser exato.


Tecnologia do Blogger.