Arquimedes é empossado para seu quinto mandato em Buíque

Em uma sessão cercada de restrições devido a pandemia da Covid-19, com os vereadores eleitos e alguns convidados na parte interna da Câmara Municipal, o prefeito reeleito de Buíque, Arquimedes Valença (MDB), viveu um dia histórico ao ser empossado para exercer seu quinto mandato à frente da Prefeitura. O vice-prefeito eleito, Túlio Monteiro (PSB), devido ter testado positivo para a Covid-19, foi empossado de forma virtual.

Numa solenidade comandada pela vereadora mais votada do pleito de 15 de novembro do ano passado, Aline de André de Toinho, a posse contou ainda com a presença do deputado federal Fernando Monteiro (PP), além de todos os parlamentares eleitos. Para Monteiro, “Buíque reconhece em Arquimedes um exemplo de gestor que ama sua terra e não mede esforços para fazer o melhor para sua gente”. Em sua fala, Arquimedes disse sentir honrado pela confiança depositada pelo povo mais uma vez.

“Esse mandato será o encerramento de minha trajetória política que muito me honra e aumenta minha responsabilidade por essa confiança renovada do povo de Buíque ao nosso nome. O povo dessa terra deve se unir para trabalhar por nosso município. O partido de vocês é o meu, o nosso. Temos que estar unidos para trabalhar por uma só bandeira, a bandeira de Buíque”, afirmou.

Com 13.434 votos, Arquimedes conquistou seu quinto mandato ao vencer o ex-prefeito Jonas Camelo (SD) que ficou em segundo com 8.551 votos. Uma diferença histórica de 4.883 votos. Em terceiro ficou a ex-vice-prefeita Miriam Briano (PSD) que obteve 4.340 votos. 

Foram empossados os vereadores eleitos: Aline de André de Toinho (MDB), Felinho da Serrinha (MDB), Peba do Carneiro (MDB), Preto Kapinawá (MDB), Leonardo de Gilberto (MDB), Elson Francisco (MDB), Neném Barão (MDB), Corina de Modézio (SD), Rodrigo da Ótica (SD), Cidinho de Cícero Salviano (SD), Dra Clara (PSD), Melque do Catimbau (SD), Deca de Zé de Napo (SD), Enfermeiro Luís Cristiano (PSD) e Creusa Couto (PSD).

Após a posse do prefeito e vereadores, foi feita a escolha da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Buíque, sendo eleita por unanimidade a chapa encabeçada pelo vereador Felinho da Serrinha (MDB), que será o presidente da casa legislativa no biênio 2021/2022. Na primeira vice-presidência ficou o vereador Leonardo de Gilberto (MDB); na 2ª vice-presidente o vereador Peba do Carneiro (MDB); Neném de Barão (MDB) assume a primeira secretaria e Elson Francisco (MDB) a segunda. A terceira secretaria fica com Aline de André de Toinho (MDB).

 

Tecnologia do Blogger.