Enquanto servidores da câmara de vereadores começam a receber em Arcoverde , apesar do repasse do duodécimo ter sido feito, em Buíque nem os vereadores receberam ainda.

Entre dois pesos e duas medidas  que não se ajustam a suas comparações, as câmaras municipais de vereadores dos municípios de Buíque e Arcoverde  se diferenciam pela quantidade de vereadores, enquanto Arcoverde , uma cidade que tem um pouco mais de 74 mil habitantes, segundo dados do IBGE conta com 11 vereadores, Buíque com  aproximadamente 59 mil habitantes  tem 15 vereadores eleitos , o que de fato não é estranho porque está dentro de sua proporcionalidade .

Com as finanças em dias e pelo que tudo indica dinheiro sobrando, segundo  um  levantamento  feito  Portal a Folha das Cidades,  com os trabalhos legislativos marcados para iniciar na próxima terça-feira, 02 de Fevereiro , os pagamentos de salário dos servidores  do Poder Legislativo Arcoverdense  ocorreu dentro do cronograma  programado, inclusive  o que gerou uma demanda de servidores a agência da Caixa Econômica Federal em busca de  receber seus salários que variam  de 3.600 á  1.100 conforme  cada  nomeação.

Enquanto  o novo presidente da  câmara de vereadores de  Arcoverde, Siquerinha   começa sua gestão injetando dinheiro no comércio de Arcoverde,  por mais que quisesse fazer o mesmo  o novo presidente da câmara de vereadores de Buíque, Felinho da Serrinha  mesmo com repasse do duodécimo  feito pela prefeitura na conta da camará,   não conseguiu pagar os salários dos 15  vereadores, incluindo ele próprio.

Segundo uma fonte segura, a  mudança  da conta para outro  banco foi o principal motivo do não pagamento de salario, mais como uma boa parte do problema está resolvido, antes do final da próxima semana  os pagamentos deverá  sair e tudo voltará ao normal.

 

 

Tecnologia do Blogger.