Itaíba: Por unanimidade Tribunal de Contas do Estado aprova contas de 2018 da prefeita Regina Cunha


 Por unanimidade, a primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco aprovou as prestações de contas de governo da prefeita Regina Cunha (Podemos), relativas ao Exercício de 2018. A sessão aconteceu na manhã desta terça-feira (02) e aprovou o relatório do Conselheiro Substituto Luiz Arcoverde Filho.
A aprovação das contas demonstra o real comprometimento da gestão da prefeita Regina da Saúde, como é popularmente conhecida, com o dinheiro público e sua correta aplicação. Outro dado importante é que desde 2013 um gestor de Itaíba não conseguia uma aprovação das contas de Governo pelo TCE.
Essa é a primeira conta da gestão de Regina analisada e votada pelo TCE. Agora o parecer prévio das contas será enviado à Câmara de Vereadores do município para aprovação. Segundo a prefeita, um resultado que demonstra que Itaíba está no caminho certo.
“Buscamos desde o início de nosso primeiro governo utilizar cada recurso da melhor maneira, de forma a levar saúde, educação, ação social, desenvolvimento e qualidade de vida ao nosso povo, sempre respeitando os limites da lei. Esse reconhecimento só aumenta ainda mais nossa responsabilidade de trabalhar e zelar pelo patrimônio e os recursos que são do povo de Itaíba”, afirmou. 
Na defesa de suas contas, é ressaltado que mesmo com todas as dificuldades financeiras apresentadas no início da gestão a prefeita Regina Cunha, conseguiu, depois de décadas, ter aprovado a maioria dos itens analisados pelo relatório de auditoria. Em 02 (dois) anos de gestão, o nível de transparência dos atos das Gestão Municipal passou de crítico para moderado.
Destaca ainda que os salários dos servidores estão quitados, ou seja, receberam todos os salários dentro das respectivas competências; na saúde, o Município aplicou 18,53% do produto da arrecadação dos impostos a que se refere a Constituição Federal e na educação não foi diferente. O Município de Itaíba cumpriu com todos os índices previstos em Lei, 25,04%.

Tecnologia do Blogger.