Notícias falsas espalhadas nos grupos de Whats-App dizendo que vendedores de prestações estão assaltando e que uma jovem foi enforcada deixa população do município de Buíque em pânico

INVESTIGAÇÃO: Nos últimos dias, a circulação de um vídeo, onde nele  contém cenas fortes  de uma jovem morta por enforcamento e junto e anexo ao vídeo  fotos de dois homens  acompanhadas por cinco  áudios  apontam que , os mesmo homens  são prestacionistas e que estariam visitando possíveis clientes na zona rural  onde ao invés de vender seus produtos a prestação , estariam aproveitando o momento para praticar assaltos a residencias , tais informações acabaram causando medo e pânico a uma boa parte da população de Buíque, inclusive os moradores da zona rural.

Diante dos fatos e da quantidade de pessoas que estão buscando a veracidade dos fatos, durante todo o dia o redator do  site  Girosocialb, Adauto Nilo, entrou em contato com as autoridades de segurança de toda região para saber se de fato tenha acontecido os assaltados e a morte da jovem que segundo os áudios diz que todo os acontecimentos ocorreu no município de Buíque.

Começando pela cidade de Buíque, as informações obtidas pelas autoridades de segurança publica, incluindo policia civil, policia militar e outros órgãos  , segundo as autoridades, nos últimos dias  não foram registrados nem um Boletim de Ocorrência desta natureza, nem de assalto a residência, nem tão pouco de morte por enforcamento.

Saindo de Buíque, nas cidades da Pedra, de Tupanatinga, Venturosa, Itaíba, Manari, Custodia, Ibimirim, Arcoverde, Pesqueira, Inajá e Sertânia, o mesmo aconteceu, ou seja nem uma ocorrência de assalto praticado por vendedores de prestação, e enforcamento de uma jovem foi comunicado as autoridades de segurança da região, salve-se as ocorrências de rotinas que são encaminhadas pelo setor de comunicação do 3º BPM  aos meios de comunicações da região.

Voltando a cidade de Arcoverde, onde a policia encontrou uma hilux preta no sitio malhada, a informação e de que o abandono do veiculo aconteceu porque constava no sistema como veiculo roubado, e não pela pratica de assalto a residências dentro do município, isso porque segundas informações de uma pessoa que pediu para não ser identificado, os mesmo vendedores de prestação que estava de posse do veiculo roubado visitaram a casa de sua genitora, onde ela comprou uma capa de sofá  e durante a compra nada de incomum aconteceu.

Resumindo e esclarecendo o caso, ao que tudo leva a crer, as fotos enviadas para as pessoas pelos grupos de Whats App  são de pessoas que foram acusadas pela pratica do mesmo crime, mais não no estado de Pernanbuco e sim em Santa Catarina região sul do País.

Quanto o vídeo com cenas fortes de uma jovem  morta por enforcamento, suspeita-se que seja de outro estado e que aconteceu a tempos atrás, entretanto nem uma informações que vendedores de prestações estejam assaltando pessoas na zona rural de Buíque não são verdadeiras e sim de origem de alguém que está usando de mal fé para espalhar o terror nos moradores da zona rural de Buíque e região.

Tecnologia do Blogger.