Promovido pela Ação Social de Itaíba, programa cidadania legal contempla varias famílias no Alto de Negras

A Comunidade do Alto de Negras que também um remanescente Quilombola de Itaíba recebeu hoje o serviço da Assistência Social Itinerante com o Projeto Cidadania Legal, ação responsável pelo mapeamento e identificação das pessoas que não tem documentos básicos que todo cidadão tem o direito e o dever de portar para ter acesso aos serviços básicos, acesso a programas sociais e até o direito a cidadania.

O Secretário Arnon Vieira Ramos, chefe da pasta da Assistência Social juntamente de sua equipe constataram uma triste realidade: Segundo levantamento no local de forma domiciliar, cerca de 70% das pessoas visitadas não tinham documentação total ou parcial, tal como Certidão de Nascimento, RG, CPF, Carteira de Trabalho, Título de eleitor, dentre outros. 

Esse mapeamento faz parte de um esforço da Gestão da Prefeita Regina da Saúde ao perceber através das equipes de suas Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social que muitos cidadãos Itaibenses ao procurar serviços públicos do Município como em hospitais, ajuda Social e até acesso à educação, dizem não ter os documentos necessários para o acesso a seus direitos e deveres junto a nossa sociedade. 

A Prefeita Regina e o Secretário Arnon tiveram a sensibilidade e a preocupação que praticamente nenhum outro governo jamais teve, que é levar a todos os cidadãos o direito a existência e a serem vistos e percebidos como Itaibenses, além disso, serem Brasileiros! 

"Graças ao nosso esforço e a implantação da Assistência Social Itinerante estamos levando dignidade aos quatro cantos de nossa amada Itaíba", avalia Arnon.

Segundo Arnon, a meta da Prefeita Regina e de sua equipe da Assistência Social é ir aonde o Povo precisa, e promover uma ação direcionada, principalmente em tempos de grandes desafios na prestação de serviços básicos como o combate a covid-19, o avanço da vacinação em Itaíba e o foco em fazer de nossa cidade uma terra de futuro para todos os Itaibenses, com acesso a educação e cidadania. 

 

Tecnologia do Blogger.