Após tomar conhecimento da crise de oxigênio no estado, Bolsonaro determina vinda do ministro da saúde a Pernambuco

Com a crise de abastecimento de oxigênio em hospitais do Agreste de Pernambuco, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) determinou que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, venha ao Estado amanhã para acompanhar de perto a situação. Ele vai desembarcar com o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que é pernambucano.

De acordo com o Governo Federal, algumas providências foram tomadas para suprir a demanda crescente de pacientes com a Covid-19 no interior de Pernambuco e evitar o colapso do sistema de saúde local. O coordenador logístico do Ministério da Saúde, Ridauto Fernandes, foi acionado por Queiroga para tratar da questão.

 

Tecnologia do Blogger.