Mulher que foi atingida por disparo de espingarda no último domingo, 23 de Maio no Sitio Mocó II, não resiste aos ferimentos e morre no HR em Arcoverde

Após ser atingida por um disparo de espingarda no último domingo, 23 de Maio, no Sitio Mocó II  Dalvanira da Silva Pereira, , 37 anos  não resistiu aos ferimentos e  por volta das 23:30 hrs  desta terça feira 25 acabou falecendo no hospital regional de Arcoverde para onde tinha sido encaminhada.

Segundas informações ,Nira, assim como era chamada, a poucos dias atrás  havia se separado do  seu  companheiro com quem  vivia a anos para ir morar com outro homem, não se conformando com a separação e com os comentários dos amigos, e  isso perdeu a cabeça e praticou o crime.

A vítima deixa três crianças, entre elas uma bebe de  apenas 08 meses de idade.

Reveja o caso:

 Resumo : Por volta das 14h00 de hoje (23/05/2021), a GTR 3031 após denuncia de populares, que havia ocorrido uma tentativa de homicídio, onde o ex-marido, teria atirado na ex-esposa. 

O policiamento realizou o deslocamento até o Sitio Mocó, zona rural  e constatou a veracidade do fato, tendo a vítima, Dalvanira da Silva Perreira  sido socorrida por um a ambulância para o hospital de Buíque com uma lesão na cabeça, causada por projétil de arma de fogo. 

Diante das informações obtidas, o policiamento passou a diligenciar a procura do imputado, vindo este a ser localizado na frente de sua residência, e ao ser abordado, foi questionado  sobre os fatos, a principio ele negou a autoria do ocorrido, mas que possuía (01)uma espingarda artesanal tipo soca-soca em sua residência, sendo apreendida, que após buscas no sitio do acusado, o qual veio a confessar que teria escondido outra arma, (01)uma espingarda Cal. 32, marca Taurus, Mod. 651, Nº de série 136634 com 01(uma) cartucho Cal. 32 “intacto” no matagal, vindo ainda a confirmar a ação delituosa com o uso desta mesma arma. 

 

 

Tecnologia do Blogger.