Numa parceria entre Prefeitura, Tribunal de Contas e Universidade Federal de Minas, Educação de Buíque promove encontro com motoristas de transporte escolar do município de Buíque

Buíque: Começando a Semana, haja visto o inicio das aulas presenciais , a Secretaria Municipal de Educação do município de Buíque, reuniu um grupo de motoristas do transporte escolar para  deixa-los a parte das mudanças que estão previstas a acontecer no sistema dos transportes dos alunos de suas residências até as escolas municipais e estaduais.

Como o município de Buíque, é um dos municípios de maior extensão rural do estado, para essa conversa com os motoristas que teve inicio na manhã desta segunda-feira , 02 de Maio, além da parceria formada com o Tribunal de Contas do Estado, a Universidade Federal do Estado de Minas Gerais(UFMG) o Sebrae-PE  também foi convidado através  Aldy Regis  a dar sua participação, isso porque, segundo Marilan nos próximos meses o município abrirá uma nova licitação para o Transporte Escolar e de forma individual os motoristas  poderão participar sem que precisem ser agenciados por uma especifica empresa , como acontecia até então.

Com as novas medidas a vista, as exigências passaram a ser mais rígidas, isso porque os veículos terão ter sido fabricados no ano de 2000 e estarem  habilitados a transportar os estudantes  terão que atender todas as normas impostas pelo TCE, inclusive passar por vistoria no Detran como manda a lei.

Outro ponto positivo da reunião foi que, os motoristas terão que conhecer cada estudante que ele irá transportar, o que facilitará na exigência do uso de mascará e gel na hora do embarque, sem isso o condutor não está autorizado a transportar o aluno que não esteja usando, ou aquele que por ventura possa recusar.

Indo mais além, a secretaria de educação fez questão de ressaltar o tamanho da importância no cumprimento das regras, isso porque com a volta as aulas de forma gradativa, caso aumente o numero de novos casos de Covid-19 as aulas terão que parar, e para que isso não aconteça, como uma forma de segurança  prevenção o município estará disponibilizando kits  contendo luvas, álcool em gel para motoristas e alunos.

Preocupados com as novas regras, e sem querer prejudicar ninguém , todos os motoristas do transporte escolar do  municípios que tiverem a intenção de  continuar trasportando os alunos da rede publica e estadual serão acompanhados por uma equipe do Sebrae que irá prestar toda uma assessoria para que ele se torne num Micro Empreendedor Individual (MEI)procurando  a sala do empreendedor  e assim possam  entrar na lista dos prestadores de serviços que irão entrar no processo de licitação e não  mais depender de empresas terceirizadas  como acontece atualmente.

 

 

Tecnologia do Blogger.