Amparado na decisão do Governo do Estado, prefeito de Buíque estende restrições de atividades comerciais até dia 13 devido a Covid-19

Amparado na decisão do Governo do Estado através do decreto nº 50.778 de 02 de junho, no aumento de casos de pessoas infectadas pela Covid-19 e no esgotamento dos leitos do sistema de saúde pública e privada, a prefeitura de Buíque editou novo decreto (nº 061/2021) estendendo as medidas restritivas das atividades comerciais até o próximo dia 13 de junho em todo o município.

Com isso, fica determinado até esta data o toque de recolher das 20h00 às 05h00, além da suspensão do funcionamento de bares aos sábados e domingos, bem como terminantemente proibida a venda de bebidas alcoólicas nos restaurantes, que aos finais de semana só poderão realizar a comercialização de alimentos no sistema drive-thru e delivery.

O decreto também mantém a suspensão das aulas presenciais nos estabelecimentos escolares e técnicos, nas escolas municipais, estaduais e particulares e proíbe a realização de feiras para comercialização de animais de todos os portes, a exemplo da feira de gado de Buíque que só retornará após a vigência do decreto.

A novidade fica por conta da suspensão das visitas e de todas as atividades turísticas e pedagógicas no Parque do Vale do Catimbau, que vinham provocando aglomerações de toda ordem; e a suspensão do funcionamento do comércio aos sábados, com exceção dos estabelecimentos considerados essenciais.

Em relação a feira livre da próxima semana, o decreto 061/2021 define que ela será antecipada do sábado, dia 12 de junho, para a sexta-feira, dia 11, no mesmo horário e com os mesmos protocolos de segurança sanitária definidos anteriormente.

O descumprimento das medidas contidas no decreto será encaminhado ao Ministério Público de Pernambuco pela Procuradoria Geral do Município para apuração e punição, em caso de delito previsto no artigo 268 do Código Penal.

Fonte: Ascom-PMB

 

Tecnologia do Blogger.