Vigilância Sanitária de Serra Talhada interdita agência bancaria do Bradesco depois de constatar aglomeração

A Vigilância Sanitária do município de Serra Talhada, no Sertão, interditou a agência do Bradesco da cidade. O motivo foi a aglomeração no local, proibida por causa da pandemia da Covid-19.

Acompanhado do secretário de Relações Institucionais, Elyzandro Nogueira, o coordenador da Vigilância, José Elison, interditou o estabelecimento por tempo indeterminado. A partir de agora, sequer os caixas eletrônicos irão funcionar enquanto as exigências de segurança não forem cumpridas.

“Depois de várias tratativas com os gerentes [do banco], ontem, aconteceu uma superlotação no Bradesco, e estamos numa alta do vírus, precisamos tomar cuidado. Eu e a secretária de saúde, Lisbeth Rosa, viemos conversar com a gerente interina, pedimos uma solução para isso, só que para ter uma solução tem que ter funcionário aqui fora organizando as filas e, pelo Ministério Público que cobra do município diariamente, a gente precisa tomar conta disso”, disse o secretário. 

O coordenador da Vigilância Sanitária, José Elison, afirmou que a agência já havia sido notificada pelo motivo de aglomeração e falta de organização das filas. Ele alerta que assim como aconteceu com o banco Bradesco, pode acontecer com outras agências e também comércios, caso as normas mínimas de segurança não forem cumpridas.

 

Tecnologia do Blogger.