Buíque mais uma vez de luto, aos 73 anos de idade, de causa natural, morre seu Mané Gazeta, um dos mais antigos guardas do município.

Em Buíque no agreste do estado,  para familiares e amigos  de seu  Mané Gazeta (Manuel Gazeta) hoje, segunda feira, 12 de Julho de 2021, o sol não irá brilhar com tanto resplendor, os pássaros  não irão cantar com mais vigor, os sorrisos  irão se calar e as lagrimas irão rolar devido a partida do grande  esposo,  grande pai,  melhor avó e acima de tudo um grande amigo que durante toda sua vida aqui na terra, fez o bem sem olhar aquém.

Com os corações sofrendo em silêncio, familiares e amigos manifestam seu mais profundo pesar pela morte de causa natural   de um homem que por longos anos dedicou sua vida a Guarda Civil Municipal , na madrugada desta segunda-feira, 12 de Julho de 2021.

Manuel Gazeta, era um dos ilustres cidadão Buiquense que em vida proporcionou o bem  a nossa terra e nossa gente, conquistando a todos pela sua modéstia aliada a uma irresistível simpatia.

É, pois justa, chega a ser um dever a homenagem póstuma que  seus familiares e amigos presta a um cidadão  que depois de viver 73 anos, agora está a merecer a gratidão e a saudade de cada pessoa, que ele conviveu e lhe conheceu.

Entre a dor e a saudade,esposa, filhas,genros e netos  enlutados comunicam que seu corpo está sendo velado em sua residência  localizada  Avenida Felix Paes de Azevedo, de onde as 16 horas sairá o cortejo fúnebre para o cemitério local.

 

Tecnologia do Blogger.