Educação de Buíque retoma aulas presenciais a partir do dia 20 de julho

Na próxima terça-feira, dia 20 de julho, Buíque retoma suas aulas presenciais em toda a rede municipal de ensino. O anúncio foi feito pela Secretária de Educação, Marilan Belisário, em entrevista ao Canal da Prefeitura no Youtube. Segundo ela, as aulas voltarão em um sistema híbrido, com 50% dos alunos em sala de aula e outros 50% em casa.

“Entramos agora em um rápido recesso após a conclusão de mais uma etapa do ensino remoto com o recebimento das devolutivas de toda a rede e já estamos nos preparando para, na próxima semana, voltarmos com as aulas presenciais de forma híbrida, desde a Educação Infantil ao ensino fundamental, sempre respeitando os protocolos de segurança impostos pela pandemia da Covid-19. Será um momento especial e que vai exigir muito de pais, alunos, professores e de toda a nossa equipe”, afirmou.

A secretária também revelou que Buíque, assim como outros quatro municípios do estado, está participando de um projeto piloto do Tribunal de Contas do Estado que vai permitir uma melhor e maior racionalização dos gastos com o transporte escolar. O projeto Transcolar que na realidade é um Modelo de Contratação para o Transporte Escolar terá sete fases que tem por objetivo criar um modelo a nível de estado, validando, testando e aperfeiçoando o georreferenciamento do transporte escolar do município.

Segundo Marilan Belisário, o município de Buíque foi escolhido por ter uma zona rural extensa, além dos três distritos que precisam desse transporte escolar, sendo eles: Carneiro, Catimbau e Guanumbi, além de outras localidades rurais que também são atendidas.

Buíque tem hoje 5.150 alunos que usam o transporte escolar, sendo a maior parte da rede de ensino funcionando na zona rural, o que é um desafio para o sistema, segundo a secretária. O município chega a ter rotas com quase 30 pontos de embarque, porque entram alunos do município e do estado, que continuarão a serem atendidos pelo transporte escolar municipal.

“Toda semana, desde março tem encontro virtual com o TCE para ajustar o transporte escolar no município. Já concluímos a inserção dos alunos para o tribunal e agora estamos fazendo um novo georreferenciamento. Todas as rotas estão sendo refeitas para serem inseridas no sistema e a expectativa é que ainda em 2021 esse sistema já entre em funcionamento”, revelou. A partir de 2022, com a conclusão do projeto, todos os municípios do estado deverão seguir o mesmo padrão em relação ao transporte escolar.

Fonte Ascom:

Foto: Sam Silva

 

Tecnologia do Blogger.