Câmara rejeita e arquiva PEC do voto impresso, eleições em 2022 continuam como está.

A Câmara dos Deputados decidiu, há pouco, rejeitar e arquivar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/19, que previa o voto impresso em eleições, plebiscitos e referendos. Foram 229 votos a favor e 218 contra.

Como se trata de uma PEC, eram necessários pelo menos 308 votos para que a proposta avançasse. 

A decisão da Câmara simboliza uma derrota para o presidente Jair Bolsonaro, um ferrenho defensor da proposição.

O texto é de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF). Ao todo, 448 parlamentares votaram. Houve uma abstenção.

A medida mantém o atual sistema eleitoral para as próximas eleições, em 2022.

 

Tecnologia do Blogger.