Entre a dor e a saudade, multidão se despede de Nica de Bil que morreu na ante -véspera do casamento de uma de suas filhas que ia acontecer no Povoado Tanque

Em clima de comoção, entre a dor e a saudade, familiares e amigos por volta das 16:30 horas desta sexta-feira, 03 de Setembro  deram seu ultimo adeus a um dos mais ilustres moradores do Sitio Maniçoba, comunidade que fica localizada próximo ao Povoado Tanque no Município de Buíque.

Nica de Bil de Angélica, assim como carinhosamente era conhecido em toda região, principalmente na região da Ribeira, por ser um cidadão que fazia o bem sem olhar a quem mantendo as portas de sua residência  com o máximo prazer em receber.

Como a vida é um sopro, e nos planos de Deus, apenas ele como nosso criador tem plenos poderes de mudar os nossos planos, prestes a realizar mais um sonho em sua vida que era assistir o casamento de sua filha caçula que estava programado para acontecer neste sábado, 04 de Setembro, na ante véspera do dia teve um infarto e depois de ser socorrido por seu  filho não resistiu  e acabou falecendo no Hospital l Regional  Drº Ruy de Barros em de Arcoverde.

Casado com a professora e ex diretora da Escola Municipal Julio Monteiro, Maria Aparecida de Paula, carinhosamente chamada de Cida de Nica de Bil, o morador ilustre do Sitio Maniçoba, com sua partida, além de deixar sua esposa,  deixou três  filhos Charles , Charlene e Chirlayne além de três netos,  Heytor , Gabriel e Nicolly.

Consternados pela irreparável perca, uma multidão prestou suas ultimas homenagens acompanho o cortejo fúnebre que saiu de sua residência para o cemitério do Povoado Tanque, onde por volta as 17  horas Nica de Bil teve seu corpo sepultado.

 

 

 

 

Tecnologia do Blogger.